Pastoral da Pessoa Idosa

A Pastoral da Pessoa Idosa tem por objetivo assegurar a dignidade e a valorização das pessoas idosas, através da promoção humana e espiritual, respeitando seus direitos. Essa busca é feita através de um processo educativo de formação continuada dos idosos e de suas famílias e comunidades, sem distinção religião ou crença, para facilitar o convivência respeitosa na sociedade, e para que a pessoa idosa seja a protagonista de sua própria vida.
 
A Pastoral da Pessoa Idosa promove, entre outras, as seguintes atividades:
 
a) Promover o desenvolvimento físico, mental, social, espiritual e cultural dos idosos.
 
b) Promover o respeito à dignidade e à cidadania das pessoas idosas; atuar na concretização do Estatuto do Idoso – Lei nº.10.741, de 1º de outubro de 2003.
 
c) Promover o convívio das pessoas idosas com as novas gerações, estimulando uma velhice ativa e buscando uma longevidade digna.
 
d) Estimular e respeitar a espiritualidade das pessoas idosas.
 
e) Valorizar a história de vida, as experiências, a sabedoria adquirida ao longo da vida da pessoa idosa, valorizando-a como guardiã da memória coletiva.
 
f) Capacitar agentes de pastoral para o acompanhamento das pessoas idosas nas visitas domiciliares e nas outras atividades desta Pastoral.
 
g) Organizar redes de solidariedade ao idoso, nas comunidades e em todos os níveis, conforme o possível, para promover o bem-estar dos idosos.
 
h) Incentivar a criação de conselhos de direitos do idoso, e a participação ativa nesses movimentos.
 
i) Realizar parcerias com outras pastorais, com a comunidade científica, associações de geriatria e gerontologia, organizações de defesa dos idosos, de assistência social e outras.
 
j) Manter um sistema de informação sobre a situação das pessoas idosas acompanhadas.
 
k) Democratizar notícias e informações sobre os idosos nos meios de comunicação social.
 
l) Promover esclarecimentos sobre os preconceitos contra as pessoas idosas, a fim de que sejam superados.
 
m) Somar esforços com iniciativas de educação continuada para cuidadores de idosos.
 
n) Valorizar a vida até a sua fase final, apoiando programas de cuidados à pessoa idosa.
 
Membros: Adalgisa, Bernadete, Célia, Ir. Missae, Lucivania, Marlene, Miguel, Telma, Tina e Vanilda.