Liturgia da Missa | Paróquia São João Batista do Brás
Liturgia da Missa

Liturgia da Missa

Assista a série de vídeos produzidos pela região episcopal Belém sobre Liturgia da Missa,baseados nos textos da Instrução Geral do Missal Romano.Apresentaçao: Dom Edmar Peron,bispo Auxiliar da Região Belém da Arquidiocese de São Paulo e Vigário para Região Belém

Canto de Abertura

Ritos para começar nós os tomamos na  instrução geral do  missal romano nº 46 … os ritos que precedem a liturgia da palavra isto é: Entrada, Saudação, Rito Penitencial, Kyrie,Glória e Oração do Dia. Tem o caráter de introdução e preparação. São ritos para nos prepara bem para que possamos escutar a palavra e dar graças a Deus.

Canto de Abertura quer situar a celebração. Canto com conteúdo, ligado ao tempo litúrgico, precisa ser fácil para o povo. Se o povo não conhece ele precisa pelo menos conhecer o refrão.  Participação de todos as vozes nos uniram num só corpo que celebra a Eucaristia , a Palavra.

Vc da equipe de canto esta a serviço da assembleia. Vc não pode querer cantar sozinho, vc foi ali para ajudar o povo que foi celebrar a missa a celebra-la bem

Sinal de cruz e saudação

Nº 50 da instrução geral do missal romano: ”Terminado o cântico de entrada, o sacerdote, de pé junto da cadeira, e toda a assembleia fazem sobre si próprios o sinal da cruz; em seguida, pela saudação, faz sentir à comunidade reunida a presença do Senhor. Com esta saudação ( Isto é :Que a Graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai  e a comunhão do Espírito Santo esteja convosco), e a resposta do povo  (Isto é: Bendito seja Deus que nos reuniu no Amor de Cristo )manifesta-se o mistério da Igreja reunida.
Depois da saudação do povo, o sacerdote, ou o diácono, ou outro ministro, pode, com palavras muito breves, introduzir os fiéis na Missa do dia.

Outro vicio e cantar é cantar o nome do Pai diferente daquele que encontramos na bíblia quando Jesus manda batizar, manda batizar dizendo em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Vamos canta-lo de modo correto segundo a teologia

Oração

E a oração chamada COLETA  pq depois de dizermos oremos, todas as pessoas se calam, recolhem uns momentos em silêncio, a fim de tomarem consciência de que se encontram na presença de Deus e poderem formular interiormente as suas intenções. Então o sacerdote diz a oração que se chama «colecta», pela qual se exprime o carácter da celebração. Segundo a tradição antiga da Igreja, a oração dirige-se habitualmente a Deus Pai, por Cristo, no Espírito Santo

Explicação de Dom Edmar Peron  na Série1 de vídeos: Ritos iniciais da missa

Baseado nas instruções gerais do missal romano

 Glória:

 Introduzir toda a assembleia no mistério da salvação, que ira acontecer pelo anuncio da Palavra e pela ação de Graças, a oração Eucarística

O Glória começa glorificando o Pai, exaltando nas suas ações  – Nós vós adoramos, nós vós glorificamos, nós vós damos graças

Depois nós nos dirigimos ao Filho. Que é o Cordeiro de Deus aquele que tira o pecado do mundo

Para concluir recordando que o nosso canto só tem sentido no Espírito Santo , assim nos reconhecemos que o Hino de Louvor não é dirigido ao Espírito Santo. Ele não tem três estrofes uma para o Pai , outra para o Filho e outra para o Espírito Santo, Não. O Espírito Santo socorre a Igreja para que o canto da Igreja seja autentico e  Glorifique o Pai e suplique ao Filho .

Temos 2 textos que poderão ser utilizados:

1= um deles o oficial  esta no missal romano-(Precisamos de melodias fáceis para o povo poder cantar a letra do Glória  oficial)

2=Texto composto pela CNBB ,composto por estrofes e fica mais fácil compor a musica

“Glória a Deus nos altos céus , paz na terra aos seus amados , a vós louvam rei celeste os que foram perdoados”

Por este Hino,do século segundo, a Igreja  congregada no Espírito Santo,  glorifica e suplica a Deus Pai e ao Cordeiro.

E o canto da Igreja sustentado pelo Espírito para glorificar e suplicar ao Pai e ao Filho.

Explicação de Dom Edmar Peron  na Série1 de vídeos: Ritos iniciais da missa

Baseado nas instruções gerais do missal romano

Ato Penitencial

São de 3 formas

1- Forma

Oração: Confesso a Deus todo poderoso

 e a vos irmãos  e irmãs

que pequei muitas vezes

por pensamentos ,  palavras, atos e omissões

Por minha culpa, minha tão grande culpa

E peço a Virgem Maria

E a vós irmãos e irmãs

 que rogei por mim

a Deus Nosso Senhor

Seguida do Kyrie: Senhor Piedade/ Cristo Piedade/Senhor Piedade (Aclamação apenas ao Cristo) pode ser repetida 1 , 2 ou 3 vezes. Ele (Kyrie) prepara para o Glória

2- Forma

Tende compaixão de Nós Senhor

Por que Somos pecadores

Manifestai Senhor a vossa Misericórdia

Dai-nos a vossa salvação

Seguida do Kyrie: Senhor Piedade/ Cristo Piedade/Senhor Piedade (Aclamação apenas ao Cristo) pode ser repetida 1 , 2 ou 3 vezes. Ele (Kyrie) prepara para o Glória

3- Forma

Senhor que viste salvar os corações arrependidos

Ou

Senhor caminho que leva ao Pai . Tende piedade de nós

Esta terceira forma exalta quem é o Salvador e não o pecado

Não vem seguido do Kyrie

4-Forma  usada mais no tempo Pascal= Aspersão acompanhada da música Banhados em Cristo

Explicação de Dom Edmar Peron  na Série1 de vídeos: Ritos iniciais da missa

Baseado nas instruções gerais do missal romano